sexta-feira, janeiro 8

"O escravo apenas tem um senhor, o ambicioso tem tantos quantos lhe puderem ser úteis para vencer"
La Bruyère

No aconchego da pantufa dou uma oportinudade ao bom senso - que a ambição é legitima - não contudo, quando no caminho colide com os outros. Quando essa ambição desmedida humilha pessoas, espezinha e destroi a credulidade.
" Bufos"
" Lambe Botas",
" Lambe cus"
Toda uma terminologia que na pratica começou a fazer sentido.
Sorrisos " filhos da puta", como quem diz, estou pronta pra te foder e tu nem dás por isso - dou por isso, dou - mas também consigo com relativa facilidade identificar que na origem da ambição está o recalcamento e a frustração. Misturada com a pobreza de vida material está a pobreza de espirito, que se propõem apagar definitivamente da pobreza de vida que levam e a mesma manha que os faz sorrir, os faz tropeçar e cair na infelicidade.
A rejeição, a solidão e o isolamento, como se de uma praga se tratasse é a meta que vos espera, não por opção mas por imposição de todos os que vocês pensaram que fodiam e dos que por uma questão de principio, embora assistindo no silêncio, vos desprezam.
Aqui fica publicamente a garantia de que não me fodem, pela simples razão de que eu NÃO GOSTO DE SEXO, tirem o cavalinho da chuva que eu continuo a lutar apenas pelo AMOR.

Embora eu vos tenha, por variadissimas vezes, convidado a sair desta casa, vocês continuam a vir aqui procurar sangue, mas eu tenho veia vampiresca, bebo-o de imediato - o das galinhas aproveito-o para a cabidela, com o dos porcos faço moleja e o dos borregos, depois de cozido tempero-o com alho, coentros, azeite e vinagre e saem aqueles pitéus maravilhosos que só uma boa doméstica sabe fazer. Tá explicado porque é que eu não sou uma BARBIE.

8 comentários:

bulgari disse...

Terá isto a ver com a poesia que escolhi para exemplificar estas mesmas situações?

Mar disse...

LOOOOOLLL!
Olha nem tenho palavras. Da gargalhada imediata por saber exactamente o sorriso amarelo a que te referes - sim, porque é sempre amarelo, quando as pessoas sorriem sem alma as rugas dos olhos não se contraem, aprendi numa série de televisão ihihih - fica a admiração pela forma elegante com que conseguiste mandar o pessoal f...pois, isso de que não gostas. LOL!

mfc disse...

Venho cá precisamente por saber que não és uma Barbie...
Estás de parabéns... sempre.

XICA disse...

Bulgari, nem mais amiga! É exactamente isso! mas cá estamos nozes, firmes e hirtas, de cabeça levantada e com aquele sorriso elegante que fala por nós e deixa os burros a roerem-se de inveja, porque o berço não se compra.

XICA disse...

Mar, eu que andava uma calona daquelas, para pensar, escrever, etc, descobri que não é preciso qualquer esforço para as coisas saírem, preciso é de abeculas inspiradoras.
Cassete!

XICA disse...

Txiiiiiiii mfc, agorinha mesmo fiquei munte coradinha. Gosti munto do elogio, mas é que gosti mesmo amigo, só o bem que me fazem estes mimos e as saudades que tinha deles.

Susete Evaristo disse...

Amiga nem sabes como gostei da tua prosa. Saber-te uma mulher de garra que não se deixa vencer é o que de ti já esperava. Força amiga qu é essa a atitude que se espera de uma pessoa integra e leal como tu.
A minha admiração pela tua força e coragem cresce a cada dia e a minha amizade também.
Um abração daqueles

I LOVE YOU disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.