sábado, novembro 8

GOSTO

De andar pela casa e mudar.......
tiro um móvel ponho uma cadeira,
os quadros rodam frequentemente,
as cortinas, essas, são vítimas preferenciais, por isso mesmo se querem baratinhas, para saírem do lugar que ocupam com a frequência do meu humor.
Gosto.....
de sentir a mistura de cheiros, do sândalo, a convidar ao relaxamento, misturado com os que me chegam da rua, ervas e terra humida recentemente lavrada,
Gosto....
dos sons que se espalham pela casa,
das máquinas que trabalham a terra,
das crianças que correm, brincam e gritam,
Gosto....
de catar as ervas que teimam em se misturar com os coentros e sentir o cheiro que se desprende, forte, intenso e bom,
Gosto....
de colher das árvores as folhas secas e os troncos velhos e deixá-las muito elegantes, prontinhas a enfrentarem o rigoroso inverno, até à próxima primavera que se renovam, quem me dera, ser assim como elas, poder renovar-me a cada primavera,
Gosto....
de espalhar pelas caldeiras das árvores, o estrume que lhes aconchegará as raízes, tornando-as mais fortes, mais sadias e prontas a darem os frutos tão desejados,
Gosto...
de saber que lá fora, há gente que luta por direitos conquistados e retirados de forma grosseira e porque muitos dos que hoje lutam, foram permissivos ao desenvolvimento dessa mesma politica tão nojenta quanto anti popular,
Gosto....
de saber da revolta e da vontade de mudar,
Gosto....
da vida.....

2 comentários:

Ludo Rex disse...

Moça, isso é que é gostar... Belo, belo...
Kiss

XICA disse...

Ludo, acabei de escrever a minha obra prima, não é este post, é o outro que se seguiu, estou inspirada nesta ministra e neste governo....
Um abraço amigo