domingo, setembro 7

O ESPELHO DO NOSSO SENTIR

Roubada daqui.


10 comentários:

Susete Evaristo disse...

Não miga a isso não se chama roubar e é preciso divulgar a forma do sentir dos Comunistas.
Beijinhos

Pjsoueu disse...

Xica:

Minha comadre, onde anda esta melhéri?....

um beijo com o desejo de muitos sorrisos de felicidade nesta novel semana...

carinhosamente, do compadre, Pj

Fernando Samuel disse...

E bem roubada!...
Que linda Festa!

Um beijo.

*Mar disse...

Gaja e que falta de ti senti lá...~
mas a susete cumpriu a promessa e por ela podes ver quase todos os recantos da Festa deste ano. O que não vês ali imaginas pois conheces como ninguém o espírito e a alegria que lá vivemos.

Susete Evaristo disse...

Pois mas tudo o que vi e retrati ainda não pratei no blogui ó julgavam o quêi?
Como se dezia antigamenti ainda a procissão nã vai no adro.
Ainda palmilhi munta grama pra nã faltar ninhum pidacinho de festa prá nossa Xica.

XICA disse...

Deixei este poema para a Mar, na barraquinha dela, mas xigada aqui, nã resisti e tanho que dizer - obrigado amigos - têm sido uns dias dificeis que ficam bem melhores quando abro este postigo e espreito os meus amigos e todos os mimos que me dão
" Um amigo é sempre alguém que se guarda no peito
Um amigo é sempre alguém que precisamos ter
Um amigo é sempre alguém a quem dizemos tudo por respeito
Um amigo é sempre alguém que nos faz viver.
Obrigado Amigos. Montes de mimos pra vocês.

Susete Evaristo disse...

Então fugiste com as fotos da Festa da decada de 80?

Pjsoueu disse...

Xica: Não sei em que patamar de amizade me encontro..mas sei que aprendi a gostar de entrar neste teu cantinho. Gosto do teu jeito franco, alentejanês" gosto da verdade que sai do teu sentir..nao importa donde nem como..gosto de ti...em tudo que até qui mostras ser:)


beijos do cumpadri Pj

Susete Evaristo disse...

Faço minhas as palavras do compadre pjsoueu e sinto a tua falta quando não apareces.

XICA disse...

Vou confessar o motivo da ausência, desta vez e porque tô em maré de azar, achei que o meu "menino" tinha morrido porque o ecrã nã passava de preto. Dois dias só o ligava e desligava e ele nada, depois do pranto, trouxe-o ao hospital, então o que se passou.
O computador instalou novas aplicações e reiniciou, eu não percebi, ligava e desligava e nada - MAÇARICA- vou trabalhar e volto depois se entretanto não avariar outra vez isto.
Abraços