quarta-feira, março 5

O CAMINHO


É o da luta....
Em Portugal a situação que se atravessa, não só é particularmente grave, como poderá ter desenvolvimentos ainda mais graves, se o povo português não puser fim à politica de direita prosseguida pelo PS e não impedir os novos atentados que PS e PSD em conjunto, preparam contra o Povo, contra o País, contra a Democracia, contra os interesses nacionais. Um e outro ao serviço de grandes grupos económicos defendem a liquidação de direitos vitais para os trabalhadores, fomentam a acumulação de riqueza para uns ( poucos) e o alastramento do desemprego e da miséria para a maioria. É imperioso lutar para pôr-lhe fim e assegurar um Novo Rumo para Portugal. É um caminho que exige respostas prontas. Com objectivos imediatos, a curto e médio prazo, com dinâmicas variadas que comportam, além dos seus objectivos especificos, a dificil tarefa de transformar o apoio social e o apoio politico em apoio eleitoral.
Afinal vê-se que ser comunista, em vez de morte, dá vida. Que afinal o PCP está vivo, forte e cheio de saude....
Discurso de Álvaro Cunhal em 1997, no XV congresso do PCP

Balanço
Passados 11 anos, o que é que eu fiz? Onde é que eu andei? Que motivações foram as minhas?
Porque se mantem tão actual este discurso?

No final Álvaro Cunhal dizia "... O XV congresso está confirmando e afirmando o PCP como o partido revolucionário que sempre foi, como um grande, fraterno e unido colectivo de homens, mulheres e jovens, livres e participantes, empenhados na luta pelos objectivos e ideais comunistas, pelos quais, como a vida confirma, vale a pena LUTAR."




3 comentários:

Susete Evaristo disse...

Tens publicado citações de grandes vultos e esta que agora publicas não demerece em nada as anteriores, Alvaro Cunhal era um homem que via mais longe, muito para lá da compreensão comum.
É por tudo o que dizes,com que concordo inteiramente que, ao ler comentários publicados em certos blogues, deitando abaixo o trabalho dos Comunistas, que só posso concluir:
Portugal tem os governantes que merece.
Corrijo “Alguns” Portugueses tem os governantes que merecem!
Só é pena que os que não votaram nesta democracia podre também os tenham.
Portugal, corrijo “alguns” portugueses estão tão confusos que não sabem o que querem nem para onde vão.
Criticam o governo, os ministros e as suas leis, depois criticam quem mostra capacidade de organização, e a força da sua convicção.
Juntaram-se 50.000 ? Somos muitos mais os que por qualquer motivo não lhes foi possivel acorrer à chamada.
Depois de 30 anos de democracia como é possivel harver gente que não tenha evoluido, como é possivel que continuem como as crianças a ter medo de papões?
Os Comunistas são gente que está ao lado de quem trabalha, contra quem explora, está ao lado de quem tem fome, não de quem tira o pão, o trabalho, a saúde, a educação. Os comunistas querem que Portugal seja um país rico sim, mas que a riqueza tenha uma distribuição uniforme. Os Comunistas querem que se cumpra a Constituição quando consagra o direito a o trabalho (artº 58º) à saúde (artº 64º) a uma habitação condigna (artº 65º) ao ambiente e qualidade de vida (artº 66º) direito à protecção do Estado, à infância e à velhice (artº. 67º a 72º) direito à educação e cultura (artº. 73º a 79º)
Os Comunistas querem que os Portugueses tenham o direito à Liberdade e Segurança, direito à igualdade social.
Face aos principios Constitucionais como estamos em matéria de saúde, educação, segurança no emprego, qualidade de vid, protecção na infância e velhice?
Se os principios que os Comunistas defendem estão a ser aplicados, então não há razão para manifestações, mas não é essa a nossa convicção daí que venhamos para a rua gritar, pode ser que alguém nos ouça.

xica disse...

Susete também eu depois do que passei ontem em termos laborais, consegui, apesar de muitos anos já, surpreender-me pela negativa, e hoje depois de visitar alguns blogs, percebi que efectivamente as pessoas são futeis, tratam tudo pela rama, sem objectividade,nas análises, sem fundamentos. E sinceramente, olha os politicos não se elegem sózinhos,as pessoas têm o que merecem. Hoje estou verdadeiramente indignada com a minha classe profissional.

Mar disse...

Não sei se me maravilhe mais com o post, se com os comentários do mesmo, vocês as duas, minhas amigas faxavôre..!
Estou convosco, óbvio, com os comunistas, com a luta por um Mundo melhor e mais justo.