terça-feira, setembro 15

FOLHAS MORTAS

Depois dos resultados eleitorais para as Europeias onde se verifica uma inegável subida de votos no PCP, sinónimo do reconhecimento por parte do povo português do trabalho desenvolvido;

Depois do inegável exito que constituiu a Festa do Avante, à semelhança do que acontece todos os anos;

Depois da inegável capacidade de mobilização e dos muitos, mas muitos milhares que participaram na Marcha realizada em Lisboa denotando o forte descontentamento do povo português pelas politicas de direita, que vêem aumentando considerávelmente o " exército" de pobres a proliferar pelo nosso país à mercê da caridade das IPSS;

Depois de tudo isto e tão próximo de dois actos eleitorais da maior importância , vem esta ave rara a pretender exactamente o quê?

Confundir?
Desestabilizar?
Criar insegurança?
Para os iletrados como eu, consideramos apenas que é um alívio já não pertencer ao mesmo partido que nós.