sexta-feira, maio 23

CONSCIÊNCIAS

" É fácil ouvir música, dificil é ouvir a nossa consciência, acenando o tempo todo, mostrando as nossas escolhas erradas"

( Um exercício que dificilmente fazemos, preferimos a surdez)
Drummond de Andrade

Esta e outras citações que se seguirão, surgem muito a propósito daquilo que constitui notícia no nosso País. Revoltou-me sobremaneira a histeria colectiva que enaltece individuos, que provavelmente têm alguma habilidade e arte para conjugar, bola e pés, porque a cabeça, dessa conjugação o tempo o dirá, e que por acaso, ganham mensalmente pequenas/grandes fortunas. (Não, não se trata de despeito porque não ganho essas fortunas, trata-se apenas de uma constatação de factos).
Mas que raio de sociedade é esta em que vivemos, alicerçada em gente que valoriza o futil em detrimento do essencial?
Gente que assiste impávida e serena, completamente indiferentes, à miséria, à inanição, ao sofrimento alheio, e à dor de tantos milhares que pelo mundo, não têm um mínimo para assegurar a sua sobrevivência; mas não é necessário generalizar tanto, basta olhar para nós, os direitos fundamentais consagrados na constituição, muitos já se perderam como direitos e outros em vias de :
taxas de juro à habitação sobem - em risco - o direito à própria casa
recibos verdes - perdeu-se - trabalho com direitos
encerram centros de saude, privatizam-se hospitais - perdeu-se - direito à saude gratuita.

" A consciência nunca pode ser outra coisa senão o ser consciente, e o ser dos homens é o seu processo real de vida."
Marx/ Engels

Foram estes génios que disseram também

"Não é a consciência dos homens que determina o seu ser, mas inversamente, o seu ser social que determina a sua consciência"

E ainda, apesar de escrito em 1845,

" A revolução não é só necessária porque a classe dominante de nenhum outro modo pode ser derrubada, mas também porque a classe que a derruba só numa revolução consegue sacudir dos ombros toda a velha porcaria e tornar-se capaz de uma nova fundação da sociedade"
Marx/Engels

2 comentários:

Susete Evaristo disse...

Amiga, embora não deixando de teres razão, os moços da bola só recebem o que lhes pagam.
Pior, pior, são aqueles que contribuem com boa parte dos seus proventos para os sustentarem e olha que, embora lá diga o ditado que "Quem vê olhos não vê coração" pelo que se vê na televisão, muitos e muitas que aparecem berrando que nem cabras nos jogos de futebol, não sei, não sei se não passam umas belas fomecas.
Mas ainda muito, mas muito pior, é quando o governo diz que não há verbas para as pensões de velhice e depois dá 2 milhões de euros a Tiago Monteiro, suposto corredor de formula 1, como aconteceu em 2006.

lotto tickets disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.